Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Definição de Crédito

Um crédito bancário consiste na disponibilização de um montante em dinheiro, em troca do seu pagamento ao longo do tempo somado de uma taxa de juro. O montante máximo que se pode pedir varia muito com base na instituição financeira e no perfil de crédito do cliente.
Normalmente não é necessário especificar exactamente qual o destino do dinheiro que se está a pedir emprestado. No entanto esta é uma característica que depende do credor e do montante do empréstimo. Por outro lado o valor da prestação mensal está muito associada à percepção de risco que o cliente manifesta junto do banco.

A maior parte das instituições de crédito facultam a possibilidade de serem contactadas por telefone ou online, pelo que fica bastante mais facilitado iniciar o um processo de pedido de empréstimo.

Quem pode pedir um crédito?

Nem toda a gente pode pedir um empréstimo. Normalmente estes são oferecidos a clientes com um histórico de outros créditos já pagos com sucesso ou que demonstrem capacidade financeira solida para honrar os compromissos associados. A solidez financeira do cliente é analisada caso a caso, pelo que, este tem de fornecer várias informações relativas à sua vida financeira. É comum serem pedidos recibos do vencimento dos últimos meses bem como a declaração de IRS do ano anterior. Com os dados fornecidos é possível traçar aquilo que se designa por Analise de crédito e é com base neste que as condições do empréstimo são definidas (taxa de juro, prazo, etc.)

Quanto melhor o seu perfil de crédito, mais provável é que lhe seja concedido um crédito em boas condições. Normalmente cada instituição estabelece as suas regras e padrões e essas normas mudam rapidamente com base na concorrência e noutros factores.

A maior parte das vezes quem recorre a créditos, não está numa situação sensível do ponto de vista financeiro. Antes pelo contrário, possuem alguns activos, como depósitos a prazo, certificados de aforro, etc. que podem ser usados como garantia para a instituição de crédito. Por outro lado o próprio bem no qual se vai aplicar o montante do empréstimo, também pode servir de garantia, como por exemplo num Crédito à Habitação.

Dificuldades no pedido de um crédito

As pessoas que têm um trabalho mais irregular, como por exemplo à comissão, pode ser mais complicado contraírem um empréstimo. O banco irá considerar que representam um risco maior de incumprimento pelo que irá adequar a taxa de juro que lhes propõe.

Outra circunstancia que, por vezes, torna um pedido de empréstimo mais complicado é quando este se destina a estudantes.
Neste caso, como o estudante não terá rendimentos nem nenhum património que possa servir como garantia, esta situação faz piorar muito o perfil de risco do cliente. Muitas vezes os rendimentos ou activos dos pais também não são opção pois estes já podem ter outros empréstimos e esses bens e rendimentos estão associados a esses empréstimos.

Já tenho um crédito, posso pedir outro?

Se já possui um ou mais créditos aconselhamos a ponderar uma solução que envolva consolidar créditos. Desta forma pode unir vários créditos num apenas.

Como funcionam os créditos bancários?
Classificado como: